PDF Imprimir E-mail
Grupos e Modalidades Tarifárias
 
Grupos Tarifários

Para o faturamento do fornecimento/prestação de serviço de distribuição de energia elétrica, as unidades consumidoras podem ser enquadradas em dois grupos tarifários, conforme características a seguir descritas:

Grupo A: Grupamento composto de unidades consumidoras com fornecimento em tensão igual ou superior 2,3 kV, ou, ainda, atendidas em tensão inferior a 2,3 kV a partir de sistema subterrâneo de distribuição e optantes pelo enquadramento neste Grupo, caracterizado pela estruturação tarifária binômia, e subdividido nos seguintes subgrupos:

a) Subgrupo A1- tensão de fornecimento igual ou superior a 230 kV;
b) Subgrupo A2 - tensão de fornecimento de 88 kV a 138 kV;
c) Subgrupo A3 - tensão de fornecimento de 69 kV;
d) Subgrupo A3a - tensão de fornecimento de 30 kV a 44 kV;
e) Subgrupo A4 - tensão de fornecimento de 2,3 kV a 25 kV;
f) Subgrupo AS - tensão de fornecimento inferior a 2,3 kV atendidas a partir de sistema subterrâneo de distribuição e enquadradas neste Grupo em caráter opcional.

Grupo B: Grupamento composto de unidades consumidoras com fornecimento em tensão inferior a 2,3 kV, ou, ainda, atendidas em tensão superior a 2,3 kV e faturadas neste Grupo por opção, desde que atendidos os critérios definidos na legislação, caracterizado  pela estruturação tarifária monômia.

Modalidades Tarifárias

As modalidades tarifárias disponíveis às unidades consumidoras enquadradas no Grupo A são:

•    Modalidade tarifária convencional;
•    Modalidade tarifária horo-sazonal verde;
•    Modalidade tarifária horo-sazonal azul.

Modalidade tarifária convencional: estrutura caracterizada pela aplicação de tarifas de consumo de energia elétrica (kWh) e/ou de demanda de potência (kW) independentemente das horas de utilização do dia e dos períodos do ano.

Modalidade tarifária horo-sazonal: estrutura caracterizada pela aplicação de tarifas diferenciadas de consumo de energia elétrica e de demanda de potência de acordo com as horas de utilização do dia(a) e dos períodos do ano(a):

Modalidade tarifária horo-sazonal verde: é aplicada uma única tarifa de demanda (kW) e as tarifas de consumo (kWh) variam conforme o horário do dia e o período do ano.
Modalidade tarifária horo-sazonal azul: as tarifas de demanda (kW) variam de acordo com as horas de utilização do dia e as tarifas de consumo (kWh) variam conforme o horário do dia e o período do ano.

(a) Horário de Ponta e Horário Fora de Ponta:

Horário de Ponta (p): Período definido  pela Celesc Distribuição e composto por até 3 (três)  horas diárias consecutivas, exceção feita aos sábados, domingos, terça-feira de Carnaval, sexta-feira da Paixão, Corpus Christi, Finados e os demais feriados definidos por lei federal, considerando as características do seu sistema elétrico.
A Celesc Distribuição adota como Horário de Ponta o período compreendido entre 18h30 e 21h30.
Horário Fora de Ponta (fp): Período composto pelo conjunto das horas diárias consecutivas e complementares àquelas definidas no horário de ponta.

(b) Período Úmido e Período Seco:

Período Úmido (U): Período de 5 (cinco) meses consecutivos, compreendendo os fornecimentos abrangidos pelas leituras de dezembro de um ano a abril do ano seguinte.
Período Seco (S): Período de 7 (sete) meses consecutivos, compreendendo os fornecimentos abrangidos pelas leituras de maio a novembro.
 
Modalidades Tarifárias – Enquadramento e Faturamento
 
 Tipo de Tarifa/
Critérios de enquadramento
 Valores a serem Faturados

 Consumo (kWh)

 Demanda (kW) Ultrapassagem UFER (Energia reativa excedente)  DMCR (Demanda correspondente ao reativo excedente) 

 Horo-sazonal verde

Aplicada opcionalmente para unidades consumidoras atendidas em tensão inferior a 69 kV.

O valor registrado no horário de Ponta (p);

O valor registrado no horário Fora de Ponta (fp);

Maior valor entre:

demanda medida; 

demanda contratada, exceto unidades consumidoras rurais ou sazonais;

10% da demanda contratada p/ unidades consumidoras rurais ou sazonais.


Aplicável quando a demanda medida superar a contratada em 10%.

• Em caso de ultrapassagem, todo o valor acima do contrato é tarifado como ultrapassagem.


O registrado no horário de Ponta (p);

O registrado no horário Fora de Ponta (fp)

Aplicável ao valor da DMCR que exceder a demanda faturável.

  Tarifas diferenciadas no horário de Ponta e Fora de Ponta para os períodos seco e úmido (R$/kWh)   Tarifa Única em R$/kW (sem variação para os períodos seco e úmido).  Tarifa Única em R$/kW (sem variação para os períodos seco e úmido)..  Tarifas diferenciadas no horário de Ponta e Fora de Ponta para os períodos seco e úmido (R$/kWh)  Tarifa Única em R$/kW (sem variação para os períodos seco e úmido).

Horo-sazonal azul

Aplicada compulsoriamente para unidades consumidoras atendidas em tensão ≥ 69 kV;

• Opcional para unidades consumidoras atendidos em tensão inferior a 69 kV.

 

O valor registrado no horário de Ponta (p);

O valor registrado no horário Fora de Ponta (fp);

 Maior valor entre:

demanda medida;

demanda contratada, exceto unidades consumidoras rurais ou sazonais

10% da demanda contratada p/ unidades consumidoras rurais ou sazonais

Aplicável quando a demanda medida superar a contratada:

- em 10% para unidades com tensão inferior a 69 kV;

- e em 5%, para unidades consumidoras com tensão 69 kV;

Em caso de ultrapassagem, todo o valor acima do contrato é tarifado como ultrapassagem. 

O registrado no horário de ponta (p);

O registrado no horário Fora de Ponta (fp).
 

Aplicável ao valor da DMCR que exceder a demanda faturável.
  Tarifas diferenciadas no horário de Ponta e Fora de Ponta para período seco e úmido (R$/kWh)   Tarifas diferenciadas no horário de Ponta e Fora de Ponta (R$/kW).   Tarifas diferenciadas no horário de Ponta e Fora de Ponta (R$/kW).   Tarifas diferenciadas no horário Ponta e Fora de Ponta,  para períodos seco e úmido (R$/kWh).   Tarifas diferenciadas no horário de Ponta e Fora de Ponta (R$/kW).

 Convencional

Aplicada como opção para unidades consumidoras atendidas em tensão de fornecimento inferior a 69 kV, com demanda contratada inferior a 300 kW.

 

O valor registrado

 Maior valor entre:

demanda medida; 


demanda contratada, exceto unidades consumidoras rurais ou sazonais;


demanda medida ou 10% da > demanda medida nos 11 meses anteriores, p/unidades consumidoras rurais ou sazonais.

Aplicável quando a demanda medida superar a contratada em 10%.

Em caso de ultrapassagem, todo o valor acima do contrato é tarifado como ultrapassagem.

O valor calculado.

Aplicável ao valor calculado da DMCR que exceder a demanda faturável

 Tarifa Única em R$/kW (sem variação para os períodos seco e úmido).  Tarifa Única em R$/kW (sem variação para os períodos seco e úmido).  Tarifa Única em R$/kW (sem variação para os períodos seco e úmido).  Tarifa Única em R$/kW (sem variação para os períodos seco e úmido).  Tarifa Única em R$/kW (sem variação para os períodos seco e úmido).

Monômia

Aplicada como opção, p/ unidades consumidoras atendidas em tensão primária, observado o estabelecido nos artigos 79 a 82 da Res 456/2000 da ANEEL.
 

O valor total registrado Não se aplica Não se aplica O valor calculado.
Não se aplica
Tarifa única (R$/kWh- Grupo B da respectiva classe) Não se aplica Não se aplica
Tarifa única (R$/kWh -
Grupo B  da respectiva classe)
Não se aplica