sem luz

      

noticias novo

Celesc inaugura Base Operacional de Eletricistas no Sul de Florianópolis

Com objetivo de garantir agilidade no atendimento às ocorrências na rede elétrica, manter a qualidade no fornecimento de energia para a Capital e dar mais conforto e mobilidade para eletricistas, técnicos e engenheiros, a Celesc inaugurou nesta terça, 14, o modelo piloto da Base Operacional de Eletricistas, anexa à Subestação (SE) Ilha Sul, no Campeche.

A Companhia investiu R$ 240 mil no projeto, que deve ser implantado em todo o estado. A inauguração contou com a presença do presidente, Cleicio Poleto Martins, do gerente do Núcleo Capital (NUCAP), Renato Rolim, do gerente do Departamento de Administração (DPAD), Jorge Luiz Pereira, de empregados e da equipe que participou da elaboração do projeto.

A agilidade no atendimento das ocorrências é um dos principais ganhos do novo espaço. Em caso de desligamento ou desabastecimento de energia é natural que, para atendimento da ocorrência, o eletricista percorra a rede para descobrir as falhas e corrigir os defeitos. A partir da base, do ponto zero, as ocorrências serão atendidas de forma mais rápida e eficiente. A nova base visa também melhorar ainda mais a qualidade de trabalho dos empregados. O local conta com sala de descanso, estações de trabalho, copa, banheiro com chuveiro e depósito de materiais.

“A nova base vai proporcionar mais conforto para os nossos empregados e também satisfação para o cliente que terá um atendimento rápido e de qualidade”, diz o presidente. Poleto ressalta que o ambiente de trabalho organizado e equipado adequadamente traz motivação para todos e reflete em bons resultados para a Empresa. Ele agradeceu o empenho das equipes no projeto que servirá como modelo para os Núcleos e Unidades.

“É um incremento para o ambiente de trabalho da equipe de ponta, que conta agora com uma base para monitoramento e operacionalização rápida", complementa o engenheiro civil, Marcos Antonio Bittencourt Junior, responsável pela obra. Segundo ele, as vantagens do novo espaço têm relação direta com os indicadores técnicos DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Consumidor) e FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Consumidor), contribuindo significativamente para o atingimento das metas de qualidade da Celesc.

O gerente do DPAD, Jorge Luiz Pereira, diz que nesta primeira etapa serão dimensionados os ganhos técnicos do projeto, já que o investimento traz diversos fatores positivos. Além do conforto e agilidade nos atendimentos, os investimentos refletem o zelo pelo patrimônio da Empresa com o local totalmente reformado e adaptado para o trabalho, aumentando a satisfação dos empregados.

Texto: Comunicação Celesc