sem luz

      

celesc rural

celesc rural

 

O Celesc Rural foi lançado em 2019 para atender antigas reivindicações dos produtores rurais e reforçar as redes de distribuição de energia no campo, por meio de duas grandes frentes de trabalho: 

  1. Substituição de redes monofásicas por redes trifásicas, ampliando a capacidade do sistema para a instalação de novos equipamentos ou motores elétricos.
  2. Instalação de cabos protegidos nas redes próximas a áreas de vegetação, reduzindo o risco de ocorrências causadas por árvores na rede.

 

No Celesc Rural, novas redes trifásicas com cabos compactos protegidos permitem a instalação de equipamentos mais potentes e modernos para as atividades rurais, contribuindo para o aumento da produção e trazendo uma nova realidade para os produtores e para o agronegócio catarinense.

O uso de cabos protegidos, assim como as novas redes trifásicas, garantirão maior confiabilidade ao produtor rural, pois este novo padrão de rede garante a continuidade da distribuição de energia elétrica mesmo quando tocado por vegetação, o que não ocorria com os cabos nus. Outro investimento sendo realizado, tanto no campo quanto na área urbana, ocorre com a instalação de religadores, que energizam automaticamente as redes em caso de queda não programada da energia, aumentando a confiabilidade de distribuição de energia elétrica. 

 

Como é feita a seleção dos locais contemplados?
A seleção das localidades por onde passa o traçado da rede trifásica é realizada a partir de análise técnica realizada pela Celesc, que considera a necessidade de um sistema elétrico com mais qualidade para o fomento da produção e o atendimento simultâneo do maior número de unidades consumidoras.

A partir da construção do novo padrão das redes, os interessados em ter o sistema trifásico deverão solicitar à Celesc a instalação do transformador trifásico e da rede de baixa tensão entre a nova rede e sua propriedade.


O que foi realizado por meio do Celesc Rural até agora?
Até o momento, mais de 968 km de cabos protegidos rurais já foram instalados em Santa Catarina, sendo 428km em 2019 e 540 km em 2020. O investimento no programa é de mais de R$ 181 milhões, sendo R$ 123 milhões já licitados e com obras concluídas e em andamento. Além disso, mais R$ 58 milhões serão lançados para licitação com foco em novas redes. Com estes valores, serão beneficiadas 229 mil propriedades rurais catarinenses, das quase 490 mil propriedades rurais atendidas pela Celesc D em todo Estado.


Já é possível perceber melhorias?
Em regiões onde já foram instaladas essas redes, a redução no número de interrupção caiu cerca de 90%, como foi o caso do Alto Vale. Já a ação de substituição de cabos monofásicos nus por cabos monofásicos protegidos aumentou em 95% a confiabilidade do sistema, mesmo com a presença de vegetação.